Chama Imortal - Valentine Cirano


Chama ImortalO livro Chama Imortal, da autora brasileira Valentine Cirano, começa contado a história de Habis, um homem de 67 anos, casado com Neferet. Por ela não poder conceber um filho, Habis resolve ir para cidade em busca de crianças que possam ser treinadas para no futuro se tornarem grandes guerreiros e lutarem para proteger sua cidade. Entre as crianças escolhidas por ele estão Nivar e Lohanna.

Desde o começo ele se torna destaque por sua força e seu coração bondoso, sendo admirado por todos, inclusive por Lohanna. Apesar de criança - na época Nivar tinha 16 anos e ela 12 anos - ela não esconde seus sentimentos por ele, porém ele se vê confuso sobre o que sente, pois a vê como uma irmã. Mais tarde, depois de muita convivência, ambos revelam um ao outro seus sentimentos e resolvem se casar
Até aí está tudo bem, alias eles se amavam e resolveram se casar, que mal tem isso, não é mesmo? Porém, a história acaba dando uma reviravolta e e aí que ela realmente começa... 

Habis, sempre acreditou na história que seu pai contava, sobre um homem que adquiriu a imortalidade por conta de sua nobreza, se tornando um deus, o deus Acchi. Este tinha o poder de dar imortalidade aos homens, como também de acabar com a vida deles. Por este motivo, o homem que encontra-se o templo de Acchi e passasse por todas as provas impostas pelo mesmo, mostrando sua coragem, força e nobreza, receberia o dom da imortalidade, caso o contrário, morreria. 



Por estar muito perto da morte, Habis, sabendo da nobreza de seu filho Nivar, tenta convencer o mesmo a procurar o deus Acchi e conquistar a imortalidade, porém Nivar não aceita a proposta. Vendo que não iria conseguir fazer com que o filho mudasse de ideia, ele conta toda a história para Lohanna, que logo vai tentar convencer o marido. Em um primeiro momento Nivar continua com a mesma opinião, mas após muitas conversas e insistência por parte dela, ele cede. 

Ambos então vão a procura do templo do deus Acchi e acabam encontrando. É nesse momento que as consequências do orgulho e da luxúria aparecem e essas consequências penduram por muitos e muitos anos. 


Este é o segundo livro que eu leio da autora Valentine Cirano, apesar da época que a história é passada e da linguagem que a autora utilizou, a leitura é fácil e nem um pouco monótoma. Ela conseguiu prender a atenção do leitor do começo ao fim. Mesmo com milhões se passando, a autora não deixou em nenhum momento a leitura se tornar cansativa. 



O romance eterno entre Nivar e Lohanna por vezes me deixou um tanto frustrada. Via-se com clareza em vários momentos que Nivar amava Lohanna mais que ela a ele. A vaidade em excesso e o egoísmo de Lohanna me deixaram indignada e por muitas vezes me vi torcendo para que ele encontra-se outra pessoa e esquece-se ela. 


Enfim, o livro não trata apenas sobre até quando o amor pendura, mas também fala sobre as consequências que o ódio, a luxúria podem trazer para alguém. Além do assunto "imortalidade", alias será que os anos vividos por um mortal são suficientes? Será que a imortalidade é apenas um dom, ou a mesma pode trazer tristeza? Em via das dúvidas, o melhor é aproveitar cada minuto como se fosse o último. Eu adorei o livro, superou todas as minhas expectativas. 

1 comentários on "Chama Imortal - Valentine Cirano"

Nícolas on 13 de outubro de 2011 09:28 disse...

Pois é, os Autores nacionais estã se superando e ganhando destaque.

Postar um comentário

 

Jovem Leitora Copyright 2010 ~ Designed by Rinda's Template ~ Inspired by Ipiet Template ~ Author by Your Name's Here :)