O diário de Pink: I hate, I love - Lívia Araújo


O diário de Pink (I hate, I love), da autora e amiga Lívia Araújo, é um livro infanto-juvenil super fofo. Para quem me acompanha pode perceber que eu amo livros cujo o tema é infanto-juvenil e foi um prazer enorme fazer parceria com a autora. Obrigada mais uma vez Lívia!


Marina tem cabelos cacheados e escuros e não chega nem perto de ser a garota mais popular do colégio, porém a PIOR das suas PIORES inimigas tem o cabelo liso e é super loira. Esta, chamada Jéssica e apelidada de Jéssica Nareba por Marina, faz de tudo para ferrar com ela. Tudo bem, até agora Marina consegue suportar ela, mas e quanto um aluno super lindo, Felipe, entra no colégio e Marina se vê apaixonada por ele, mas Jéssica parece também interessada pelo garoto, o que fazer? Não há como suportar a garota, não é mesmo? É neste momento que o leitor se vê torcendo muito pela protagonista. Confesso que muitas vezes cheguei a sentir raiva de Felipe por ele não tomar certas atitudes, mas depois me via torcendo por Marina e ele ficarem juntos novamente. 



É um livro infantil sim, talvez por este motivo pessoas que estão acostumadas a ler histórias mais detalhadas, com um número maior de página, não gostem. Mas não esqueçam que este livro foi feito pensando em crianças e adolescentes, então não seria certo escrever um livro muito detalhado ou com uma linguagem muito formal, sendo que é ligado a um público mais jovem. 
Além disso, o livro, como o próprio título diz, é narrado por Marina - a protagonista - em forma de um diário. Neste diário ela nos conta sobre seus dias, sobre sua inimiga que sempre tenta atingi-la e consegue e sobre seus sentimentos. 
O que eu gostei muito é como a autora conseguiu fazer o leitor torcer e se sentir de alguma maneira ligado a Marina, além de escrever de uma forma real, como uma garota de 16 anos escreveria em um diário.
Eu gostei muito do livro, os personagens são super fofos. A capa super linda, em rosa. O motivo do livro se chamar O diário de Pink e não O diário de Marina, eu não vou contar, porque se não eu vou contar coisas que só você lendo pra saber. Mas achei muito interessante essa parte do livro quando Pink aparece, aliás é aonde realmente parece que Felipe e Marina podem ter futuro juntos. Mas eu acho que posso contar o porque desse subtítulo "I hate, I love". Marina sempre que acabava de escrever no diário escrevia no final, eu amo (I love) e eu odeio (I hate) descrevendo o que ou quem odiava e amava. 
Ahhhh... e se tudo der certo o livro vai ter continuação! Então vamos torcer, porque a autora prometeu muitas surpresas para o próximo volume.





10 comentários on "O diário de Pink: I hate, I love - Lívia Araújo"

Lívia Araújo disse...

aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa q lindooooooooooo
Nossa eu nao sabia q o meu livro era tão fofo me deu ate vontade de ler
KK
Bjs

Anônimo disse...

Uhuul , eu to com vontade de leer , kk'
Vai seer um sucesso Lí .. *-*

By: yslu.

Nana on 27 de março de 2011 09:58 disse...

Eu ainda não li o livro , mais pelo o pouco que li , pelas entrevistas e etc , deve ser mtt bom . Que faça muito sucesso Lívia , bjjs.

Anônimo disse...

Muito, muito bom.. quero ler esse livro,,
agora esse livro vai decolar.. hehe
parabéns livia, bjs

valeria on 27 de março de 2011 17:22 disse...

Oie!!!
Adorei a resenha, queria ler sou muito fã de livros assim sei lá sabe só pra contrariar os vampiros anjos deuses e afins...
bom beijos
I love books.

Georgina on 27 de março de 2011 18:43 disse...

AAAAAAAAAAH morri néeee???????????????

em abril terei o meu *---* autógrafado u.u

Parabéns Liviiis *--*
bjus

Anônimo disse...

primaaaaaaaaaaaaaaaa, esse livro é um livro de que toda garota precisa, amanhã postarei no blog ele, passa lá starpinkgirls.blogspot.com
te amo prima s2
AndressaAraújo here (k)

Nine Stecanella on 28 de março de 2011 03:48 disse...

Pãm!

Estou terminando de ler e concordo com algumas opiniões tuas. O livro é infantil, mas todo mundo que não era do grupo popular da escola se identifica com a Pink. O que ela escreve, nós mesmos podemos ter escritos nesse época. No meu caso, que já tenho 23 anos, indo pros 24, é engraçado ver como o tempo passa, mas a escola tem o mesmo padrão desde que surgiu. Parabéns pela resenha.

Beijo!
@nine_stecanella
http://janinestecanella.blogspot.com/

Anônimo disse...

Ahhhhh eu já tava morrendo de vontade de Ler
Mais depois dessa resenha a vontade só aumentou!

Mais esperarei um pouquinho pois quero vê se consigo ir na noite de autografos!

Vanessa Wasques on 29 de março de 2011 19:17 disse...

Lívia, sua linda!


Ótima entrevista! Parabéns =]

Postar um comentário

 

Jovem Leitora Copyright 2010 ~ Designed by Rinda's Template ~ Inspired by Ipiet Template ~ Author by Your Name's Here :)