Um dia - David Nicholls


O livro Um dia, do autor David Nicholls, conta história de Emma e Dexter, que se conheceram na noite da festa de formatura. Apesar da diferença entre eles, acabam ficando juntos no dia 15 de julho de 1988. Porém, ambos agora tem um futuro pela frente e no dia seguinte estarão se despedindo. 

Emma e Dexter são pessoas totalmente diferentes. Enquanto Emma é intelectual e não liga tanto assim para a aparência, Dexter é um cara digamos "bonito", rico e tem praticamente todas as garotas aos seus pés. Emma de alguma forma desde que conhece Dexter sempre teve uma atração por ele e seu sonho se realiza na noite de formatura. No dia 15 de julho do ano de 1988 eles passam a noite juntos, mas por terem objetivos diferentes, eles precisam seguir sem a presença física um do outro.

A história é contada de uma forma totalmente diferente ao leitor, os capítulos são todos contados num mesmo dia (15 de julho), porém de anos diferentes, em anos posteriores ao primeiro "encontro" (1988) de Dexter e Emma. De uma forma bastante real e divertida David nos conta aonde estão os protagonistas neste dia e conforme os anos vão se passando, podemos perceber como cada personagem reage a situações do dia a dia. Apesar dos relacionamentos que tiverem nesse período e das situações vividas nesse período de 20 anos, eles de uma forma inexplicável não conseguem se separar emocionalmente e se tornam melhores amigos.  

Ao longo desses 20 anos, o leitor terá o prazer de conhecer um pouco mais cada personagem, seus relacionamentos, vitórias e até mesmo derrotas. As oportunidades que Emma e Dexter deixaram escapar vão deixar o leitor ansioso e as conversas vão nos fazer sorrir. Os encontros e desencontros, as brigas e as reconciliações, as tristezas e as alegrias, tudo isso só serviu para tornar os personagens mais reais e fazer com que a ligação entre eles só aumenta-se. 

Emma e Dexter não são pessoas extremamente apaixonados um pelo outro, - até mesmo porque ambos demoram bastante para perceber que a pessoa mais importante da vida deles está mais próximo do que imaginavam - suas qualidades se igualam aos seus defeitos e por vezes foi difícil lidar com suas características. Emma apesar de inteligente e bastante madura, deveria ser mais compreensiva, paciente e ter mais confiança em si mesma. Dexter, apesar de bonito e inteligente, não deveria ser tão imaturo. Mas essas qualidades e defeitos, só os tornam mais reais.

"Você é linda, sua velha rabugenta, e se eu pudesse te dar um só presente para o resto da sua vida seria este. Confiança. Seria o presente da Confiança. Ou isso ou uma vela perfumada." 

Tenho que ser sincera, o livro merece mesmo ser lido, isso por sua inovadora história. E apesar de o autor nos trazer os acontecimentos de apenas um dia de cada ano, nada ficou vago, tudo foi vivido e lido de uma forma bastante entusiasmada. Porém em algumas partes senti o cansaço das narrativas e por vezes parei pensando se realmente valia a pena dar continuidade a leitura. E não é mesmo que valeu? Apesar do termino do livro totalmente inesperado e que na minha opinião não precisaria ser assim, eu realmente gostei, gostei mesmo e recomendo a vocês. 

Veja o mais novo trailer do filme One Day, baseado no livro "Um dia" 


Autor: David Nicholls 
Titulo: Um dia
ISBN: 978-85-8057-045-8
Selo: Intrínseca
Ano: 2011
Número de páginas: 416
Assuntos: ROMANCE



2 comentários on "Um dia - David Nicholls"

Lívia Araújo on 22 de dezembro de 2011 14:13 disse...

AAAAAAAAAAAAAAAAAAA AMEI A RESENHA QUERO LER E VER O FILME POR QUE A ANNE HATWAHAY faz né KKKKK amei parabens espero a proxima :D



Bjs

Babi on 22 de dezembro de 2011 14:19 disse...

Li o liro esperando uma maravilha, mas acho que me decepcionei. A história é boa, mas achei muito enrolado, sabe? Haha.

Beijinhos, Babi :*

http://a-viajante-dos-livros.blogspot.com/

Postar um comentário

 

Jovem Leitora Copyright 2010 ~ Designed by Rinda's Template ~ Inspired by Ipiet Template ~ Author by Your Name's Here :)